Jorge Pereira de Oliveira

O Reminiscente
TRAILLERFILME
  • O REMINISCENTENasceu na fazenda Zaberto, Batalha-AL, atual área de Jaramataia. Aos seis anos de idade, chegou aqui na terra de Manoel André, ao lado de familiares e foi morar no Bairro Cacimbas, um lugar de tonalidades variadas, mas com predominância do azul celeste e o verde das árvores que se estendem pelos quintais, calçadas e praças, que se alternam com o verde transparente das águas do Lago da Perucaba, espelho das nuvens multi – cores, que enfeitam o céu.
    Tomar banho no açude da Lourença Leite, colher frutas na vasta mata nativa de araçareiras no Sitio Poço Frio, eram uma constante!
    No Sítio Cacimbas, recanto de história e tradicionalidade, ainda pequeno jogou pião com ambidestria. Era algo formidável!
    Percorreu os lugarejos que compunham as pequenas dimensões dos sítios do entorno do centro desta cidade, e ali participou do crescimento econômico, advindo da cultura fumageira e o impulso frenético do comércio local.
    De família de tradição política, seu pai Ulisses Lopes de Oliveira, foi vereador por Lagoa da Canoa e seu irmão José Ulisses de Oliveira, foi vereador de 67 a 70, por Arapiraca.
    Nas eleições da década de 1970, Jorge foi eleito vereador por duas vezes consecutivas, inclusive foi presidente do legislativo e assim fortaleceu o seu trabalho em prol da coletividade arapiraquense.
    Apresentou vários projetos ao longo de sua jornada como edil, e os mais relevantes fora: o da demarcação da área urbana desta cidade, o incentivo apelante para construção do Campo do Asa e a arborização da cidade.
    Foi músico da Orquestra do clube dos Fumicultores.
    Lembra do Cinema do Manoel Leão, do Tamarindeiro frondoso que nas segundas feiras servia para os feirantes pendurar carnes de bode para venda, da cacimba de 180 palmos, ainda ativa na praça Marques e que o músico Hermeto Pascoal, cantava e tocava semanalmente em frente da sapataria Confiança.A infinitude do momento!
    O tempo que passa na velocidade dos astros!
    Eterno, fugaz, passageiro.
    Aqui nesta plaga, Jorge Pereira de Oliveira, eternizou – se e tornou – se uma das raízes de Arapiraca.FICHA TÉCNICA:

    Idealização e Direção:
    Ricardo Nezinho

    Entrevistado:
    JORGE PEREIRA DE OLIVEIRA (VEREADOR JORGE)
    Data de nascimento, 30 de setembro de 1931

    Entrevistador:
    Aldo CS

    Local de Gravação:
    Eldorado– Arapiraca/AL

    Data da Gravação:
    14 de março de 2019

    Revisão Editorial:
    Davi Salsa

    Historiador:
    José Sandro da Silva

    Produção Executiva:
    Ricardo Nezinho
    Sandro Ferreira
    Aldo CS
    Davi Salsa
    José Sandro da Silva

    Diretor de Produção:
    Aldo CS

    Filmagem e Fotografia:
    Sandro Ferreira

    Edição e Animação:

    Técnico de Som:
    Sandro Ferreira

    Projeto Gráfico:
    Aldo CS

    Colaboradores:
    Isve Cavalcante
    Bruno Nunes
    Suely Mara Lins
    Victor Valentim
    Manoel Angelino
    Fábio Barros
    Igor Nicácio Silva

    Projeto Gráfico
    Duende CS

    Trilha de Abertura:
    Marcos Sena
    Jovelino Lima

    Artista Plástico:
    Marcelo Mascaro

    Produtora:
    Raízes de Arapiraca
    www.raízesdearapiraca.com.br
    www.ricardonezinho.com.br

0 comentários